Carnaval ecológico: eu vou nessa!

mobilize-se
facebook instagram

Carnaval ecológico: eu vou nessa!

28 fev 2014

Em 01/03 começa a festa mais popular do país. Hora de descontrair e brincar, mas sem descuidar do Planeta!  O feriado, as viagens e as festas acabam representando um gasto maior de combustível, de eletricidade, de fantasias e, é claro, de bebidas. Na quarta-feira de cinzas, tudo isso deixa muito mais que saudades; deixa um monte de resíduos e uma conta ambiental alta.

Para minimizar estes riscos, muitas iniciativas estão acontecendo pelo país. Por exemplo, a Central do Carnaval, na Bahia, criou um logo (acima) e lançou campanhas para engajar as pessoas em atitudes simples, mas imprescindíveis, como jogar o lixo no lixo e o uso racionalizado de papel, eletricidade e água.

Instituto Akatu elaborou 10 dicas para você curtir o carnaval sem peso na consciência: 

1. Produza menos lixo

 
Evite embalagens desnecessárias e o uso de descartáveis. Para você ter uma ideia de como o Carnaval produz lixo adicional ao usual, só na cidade de Salvador são recolhidas 1.500 toneladas a mais de lixo nos 6 dias de festas. Isto gera um alto custo extra de coleta para as prefeituras, pago com recursos públicos.
 

2. Jogue o lixo no lixo 

No Carnaval, o lixo acumulado nas ruas entope os bueiros e aumenta o risco de enchentes. Nas estradas, os detritos jogados nos acostamentos agridem e colocam em risco o meio ambiente e os animais. Portanto, no carnaval, mais do que nunca, jogue o lixo exclusivamente no lixo. 

3. Reutilize as fantasias

 As fantasias de Carnaval são usadas, em geral, apenas por um dia. Que tal reutilizá-las, trocá-las com amigos ou reformá-las? 

4. Evite excessos 

O consumo excessivo de bebidas é responsável pela maioria dos acidentes e pelos altos níveis de violência no Carnaval. Não passe da conta, consuma bebidas e alimentos com moderação, protegendo a sua saúde e a de todos. 

5. Seja um turista consciente 

Se você for viajar no Carnaval, procure minimizar os impactos ambientais de sua viagem. Regule bem o carro, calibre os pneus, respeite os costumes dos lugares visitados e prestigie a cultura e a economia locais. 

6. Gaste menos combustível 

Prefira transportes com menor consumo de combustível fóssil. Entre o avião e o carro, prefira o carro. Entre o carro e o ônibus, fique com o coletivo. Aproveite os dias livres para andar de bicicleta e a pé. 

7. Tire os equipamentos da tomada 

Antes de viajar, não se esqueça de tirar os aparelhos elétricos e eletrônicos da tomada, tais como TV, DVD, micro-ondas e carregador de bateria. O modo “stand-by”, que fica acionado quando o aparelho está desligado, mas conectado à rede elétrica pela tomada, é responsável por até 25% da energia consumida por esses equipamentos.

8. Economize água 

O Carnaval é a época em que muitas cidades, em especial as turísticas, enfrentam sérios problemas de abastecimento de água em função do aumento excessivo de consumo. Portanto, redobre os cuidados. Evite as brincadeiras que implicam em desperdício, tome banhos mais curtos e desligue o chuveiro caso demore ao se ensaboar ou aplicando cremes nos cabelos. 

9. Aproveite a cidade vazia 

Se sua cidade não for destino de foliões e se você não for viajar, aproveite a tranquilidade e o tempo livre em atividades que não custam dinheiro e não consomem recursos naturais: caminhadas, visitas a parques, museus e centros culturais, ou maior convívio com a família. 

10. Divulgue o consumo consciente

Durante o Carnaval, se você presenciar casos de desrespeito a estas dicas do Akatu, não hesite em orientar as pessoas. Sempre que tiver oportunidade, divulgue com simpatia e calma os princípios do consumo consciente. Contribua para que o Carnaval seja, cada vez mais, uma época de alegria, paz e harmonia com o planeta!

Fonte: http://www.comunidadebancodoplaneta.com.br/profiles/blogs/carnaval-ecologico-eu-vou


Galeria de fotos

Buscar no Blog

Sua sugestão é Importante

Caso tenha um programa dentro do tema de Educação Ambiental e Sustentabilidade, envie sua ideia! A sua participação é de enorme importância para nós. Participe!

Receba nossos informativos

Nome: